Frase

Frase

quarta-feira, 21 de junho de 2017

KLEIN PULSE - PRÓXIMA RESTAURAÇÃO

       

                 RESTAURAÇÃO KLEIN PULSE COR STORM (Pre Trek)

Mais uma restauração será iniciada, esta klein, foi um achado sem precedentes aqui no Brasil, apesar de muito judiada, pela minha avaliação será relativamente simples restaura-la completamente.
neste meio tempo já fiz alguns serviços menores, reparo nos suportes de conduítes interno do quadro e limpeza de todas as peças e reuni quase todas as peças também (vide foto acima), estou em duvida com relação ao cambio traseiro, falta alguns parafusos e um par de pneus descentes para ela. Mesmo assim, não impede que eu inicie os trabalhos.
Os detalhes seguirão o padrão que eu adoto para todas as restaurações anteriores, peças como parafusos de titânio e Alumínio e um outro achado tão surpreendente quanto a bike foi conseguir um eixo press fit Klein original de titânio. Para uma Klein, os detalhes são fundamentais.
A suspensão será uma Judy SL ano 1995, ela será pintada no padrão do quadro e totalmente restaurada, o grupo será o XTR m910, juntamente com peças como Ringlé, Chris King, Onza entre outras.
Ainda falta adquirir o óleo do cartucho da suspensão, elastômeros da mesma e as tintas para reparação da pintura do quadro e pintura da suspensão. Acredito que deverei ter problemas com a aquisição dos elastômeros que pretendo encomendar a fabricação e talvez atrase um pouco, quando eu estiver com todos estes itens em mãos, vou iniciar a restauração oficialmente postando o quanto antes aqui.
Aguardem novidades!



terça-feira, 23 de maio de 2017

PROFLEX 856 - FINALIZADA!



    Uma restauração que levou muito tempo para ser finalizada, mas que tinha que ser muito bem feita. O meu perfeccionismo me atrapalha um pouco, mas o resultado compensa. 
    Agora posso apresentar o resultado de tanto empenho e ter certeza que o trabalho foi bem feito e que tudo valeu a pena, o trabalho do quadro foi o grande vilão dessa restauração, tive vários problemas referente a restaurar os adesivos ao invés de te-los reproduzido e pintado o quadro do zero, muitas vezes passou pela minha cabeça em arrancar tudo e começar tudo novo, mas não, com a intenção de fazer poucas intervenções radicais optei em recuperar o quadro e fazer o acabamento brilhante (uma das poucas personalizações desta restauração), se não for a mais profunda mas que ficou fantástica.
    Eu penso que tudo é uma experiência que levo para os futuros projetos, a cada um que faço aprendo e aprimoro algumas técnicas e descubro o que não deve ser feito para obter um resultado rápido e perfeito. Aqui vai então os últimos detalhes dessa restauração.



                                                                 O QUADRO


Como eu havia dito no ultimo post da restauração da Proflex, eu tinha que resolver dois pontos. um deles o quadro e o outro o canote de selim que ficou por ultimo para ser restaurado. 
O quadro planejei restaurar em três partes, não conseguiria faze-lo de uma vez porque ele seria repintado e envernizado na sequência e muitos dirão o que tem de mal nisso?
Pois bem. Eu já tinha feito uma tentativa mal sucedida de pintura e verniz, as soldas foram cobertas pelo verniz e ele sendo espesso, apaga o relevo das escamas de solda e não poderiam ser pintados novamente pois as escamas de solda simplesmente sumiriam e ficaria uma porcaria só.  Para resolver isso, eu tive que mascarar todas as soldas para repintar o quadro e reenvernizar sobre tudo novamente, isso implica no processo de cobrir todas as soldas, pintar o quadro, remover as mascaras das soldas e envernizar tudo por inteiro. Isso parece relativamente simples, se todo o trabalho não tivesse que ser minuciosamente monitorado para que tudo não fosse perdido e  ou descobrir que o procedimento não funcionaria, pois estaria fazendo uma parte de três etapas, facilitando diagnosticar alguma coisa que não deu certo.

A começar pelo seat tube, as soldas são cobertas para que o tubo seja pintado, tambem o adesivo "Kooka" vai ser mascarado para não ser perdido, optei em não tira-lo e contornar a pintura assim como os adesivos.


Algumas áreas foram lixadas, mas houve um problema com a pintura pois a tinta acrílica não tem cobertura e as marcas de lixa ficaram aparentes após a pintura.


Um problema que encontrei na pintura, eu não podia ter lixado com a lixa 1200 pois as marcas da lixa permaneceram no acabamento final da pintura, um atraso a mais para solucionar o problema, tive que envernizar novamente para conseguir a cobertura necessária para desaparecer com as marcas de lixa e usar a lixa 2000 para quebrar de leve a superfície e repintar novamente.
Esse procedimento causou mais atrasos e tempo perdido, após sanado o problema, fiz a pintura novamente, estes procedimentos levam dias, pois dependo de curar a tinta ou o verniz para lixar ou aplicar o verniz, sem falar que dependia muto das condições meteorológicas para ser possível realizar os serviços de pintura.
Toda a pintura foi feita com o aerógrafo ao invés da pistola, o acabamento é melhor, uniforme e controlado.


O Seat tube pintado com o top tube e down tube coberto








Furos, solda e adesivo cobertos e a pintura pronta.


 Pintura pronta sem as mascaras de adesivo e solda



Repare que ficaram algumas falhas na mascara da solda, esses detalhes foram resolvidos a pincel antes de envernizar.















 O verniz aplicado na primeira etapa de recuperação da pintura do seat tube.















Ficou muito bom, o processo foi bem sucedido e parti para as duas ultimas etapas.


Mas o pior ainda estava por vir, mascarar os adesivos não é uma tarefa fácil, é um serviço artesanal que será inutilizado logo após a pintura, então, deve ser feito com calma e muita precisão, o resultado pode ser desastroso e comprometer o trabalho como um todo.
Ainda que existem poucos detalhes difíceis, o trabalho leva pelo menos dois dias só para mascarar um tubo antes de ser pintado.


 O mascaramento dos adesivos do down tube, trabalho difícil, não produtivo e despendioso, muita calma nessa hora.



Foi utilizado fita crepe especial para filetamento, alguns detalhes tiveram que ser recortados na fita crepe para conseguir curvas e tampar alguns vazios que a fita não de filetamento não consegue cobrir.







Um risco preto na solda dos suportes de conduíte. É tinta emborrachada para ser removida após a pintura.


Ao se deparar com algumas dificuldades, é necessário usar da criatividade para contornar, as soldas dos suportes de conduíte, são pequenos e não permitiam a colocação da fita crepe de filetamento, então foi utilizado uma tinta emborrachada com pincel, para que o cobrimento ficasse perfeito e não houvesse falhas.



 A primeira etapa empapelada, deixei uma área da caixa de centro para refazer juntamento com o suporte do canote de selim, eu não gostei do acabamento e refiz novamente.








 O down tube finalizado. O verniz ficou perfeito, uma vez pintado, deve-se remover de imediato a mascara para que a tinta não crie bordas indesejáveis ou danifique o mascaramento após estar seco.








 






 O down tube foi envernizado junto com o head tube, aqui nesta foto, o quadro logo após o verniz, antes da retirada do empapelamento e mascaras.


A terceira etapa eu não tenho fotografado, mas consiste no mesmo procedimento da duas primeiras etapas, o trabalho transcorreu normalmente, mesmo após alguns problemas de lixa no processo de pintura mas tudo foi superado com sucesso.
A montagem da bike dispensa detalhes, apenas a suspensão Girvin Vector é um pouco chata de instalar, mas com um pouco de habilidade não é obstáculo para quem já chegou até aqui.





O CANOTE DE SELIM


O canote de selim é um Titec, eu encontrei este em preto e confesso que a princípio achei legal, mas ao colocar juntamente com as peças da Proflex, vi que não ia combinar, precisava reverter a cor, o canote ser prateado e o adesivo em preto.
Mais uma vez, fui para o computador reproduzir o adesivo em preto para mudar a cor do canote, para remover o anodizado preto já mostrei como é que se faz aqui no blog. O processo foi fácil, mais uma vez o adesivo ficou melhor que a gravação original e assim ficou o canote.

























 O canote apenas com a aplicação do adesivo.














O canote pronto e envernizado texturizado, para não perder o acabamento original.




     RECUPERAÇÃO DOS CONDUÍTES GORETEX


O sistema de cabos da Proflex, foi aproveitado de uma outra bike, eles estava desbotados e foram revitalizados.


 Os conduítes provavelmente ficaram muito tempo expostos no sol e desbotaram e ficaram cor de rosa.



 Em cima o desbotado e em baixo o revitalizado.



Em baixo um original não desbotado e em cima o revitalizado




  A MÁQUINA PRONTA


No meu ponto de vista, foi uma restauração bem sucedida, ficou alem das minhas expectativas, sempre buscando os detalhes e focando cada atenção individualmente para cada peça, para que o conjunto fosse harmonioso e quando todas juntas ficassem perfeitas. Eu acho que consegui isso, as fotos dizem mais do que tudo, como vocês sabem, se as fotos ficaram boas imagina ao vivo!